Campo Grande inicia vacinação de pessoas a partir de 18 anos

Com a chegada de novas doses de vacina contra covid, Campo Grande amplia novo grupo de vacinação nesta terça-feira (11), com a inclusão de pessoas com 18 anos ou mais que possuam comorbidades ou deficiência permanente. Confira a lista de doenças no fim da reportagem.

Além disso, quem tomou a vacina da AstraZeneca até o dia 11 de março poderá receber a 2ª dose. O atendimento acontece em mais de 55 pontos de imunização espalhados pelas sete regiões urbanas do município.

A orientação da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) é para que as pessoas fiquem atentas às orientações e só busquem os locais de vacinação caso façam parte dos públicos contemplados.

Para evitar filas e aglomeração, é necessário a realização do cadastro no sistema de identificação prévia, através do site:http://vacina.campogrande.ms.gov.br.

Lista de comorbidades:
  • Diabetes mellitus;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Hipertensão Arterial Resistente (HAR);
  • Hipertensão arterial estágio 3;
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;
  • Insuficiência cardíaca (IC);
  • Cor-pulmonares e Hipertensão pulmonar;
  • Cardiopatia hipertensiva;
  • Síndromes coronarianas;
  • Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias;
  • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;
  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatias congênita no adulto;
  • Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados;
  • Doença cerebrovascular;
  • Doença renal crônica;
  • Imunossuprimidos;
  • Hemoglobinopatias graves;
  • Obesidade mórbida Índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40;
  • Cirrose hepática.

O paciente deverá apresentar qualquer comprovante que demonstre pertencer a um dos grupos relacionados abaixo, são eles:exames, receitas, relatório médico, prescrição médica, etc). Adicionalmente, poderão ser utilizados os cadastros já existentes dentro das unidades de saúde.

Pessoas com deficiência permanente deverão comprovar a limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou se locomover, como subir e descer escadas.

São documentos válidos:

Laudo médico que indique a deficiência; Cartões de gratuidade no transporte público que indique condição de deficiência; Documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência; Documento oficial de identidade com a indicação da deficiência ou qualquer outro documento que indique se tratar de pessoa com deficiência.

Unidades de saúde

13h às 16h45

Segredo

CF NOVA LIMA

UBS ESTRELA DO SUL

USF JOSÉ TAVARES

UBS CEL ANTONINO

USF JARDIM PARADISO

USF AZALÉIA

Anhanduizinho

USF DOM ANTÔNIO

USF AERO RANCHO

UBS PIONEIRA

UBS JOCKEY CLUB

USF ANHANDUÍ

UBS DONA NETA

USF BOTAFOGO

C.F IRACY COELHO

USF PARQUE DO SOL

USF LOS ANGELES

Lagoa

CF PORTAL CAIOBÁ

USF TARUMÃ

UBS BURITI

USF OLIVEIRA

USF BATISTÃO

USF COOPHAVILA

UBS CAIÇARA

USF VILA FERNANDA

Imbirussu

USF SÍRIO LIBANÊS

UBS SILVIA REGINA

UBS LAR DO TRABALHADOR

UBS POPULAR

USF INDUBRASIL

USF ZÉ PEREIRA

USF ANA MARIA DO COUTO

USF AERO ITÁLIA

USF ALBINO COIMBRA

USF SERRADINHO

Bandeira

USF TIRADENTES

USF MORENINHA

UBS CARLOTA

UBS UNIVERSITÁRIO

USF ITAMARACÁ

USF ARNALDO E. FIGUEIREDO

USF MAPE

Prosa

USF NOROESTE

USF NOVA BAHIA

USF MATA DO JACINTO

Fonte: Midiamax